24.5 C
Brasília
quinta-feira, junho 13, 2024

Fulertubo: Descoberta uma molécula com 130 átomos de carbono

- Advertisement -spot_imgspot_img
- Advertisement -spot_imgspot_img

Nanotecnologia

Redação do Site Inovação Tecnológica – 31/05/2024

Ilustrao dos fulertubos, ou C130.
[Imagem: Emmanuel Bourret et al. – 10.1021/jacs.3c09082]

Fulereno em formato de tubo

Depois de anos de terem sido previstos teoricamente, uma equipe internacional de cientistas conseguiu finalmente sintetizar os fulertubos, molculas em forma de tubo formadas por 130 tomos de carbono.

Um fulertubo basicamente um conjunto de tomos de carbono dispostos para formar uma gaiola tubular fechada.

Para isolar a to procurada molcula, Emmanuel Bourret e seus colegas de vrias instituies geraram um arco eltrico entre dois eletrodos de grafite para produzir fuligem contendo diversos tipos de molculas de fulereno, entre as quais foi finalmente identificado o fulereno em forma de tubo.

Cada fulertubo mede pouco menos de 2 nanmetros de comprimento por 1 nm de largura.

“A estrutura do tubo basicamente composta de tomos dispostos em hexgonos,” disse Bourret. “Nas duas extremidades, esses hexgonos esto ligados por pentgonos, o que lhes confere uma forma arredondada.”

Fulertubo: Descoberta uma mol

Esta molcula de formato curioso poder ser usada como catalisador para a produo de combustveis limpos.
[Imagem: Emmanuel Bourret et al. – 10.1021/jacs.3c09082]

Fulertubo

O fulertubo um parente dos fulerenos, molculas que so representadas como gaiolas de hexgonos e pentgonos interconectados e apresentam uma ampla variedade de tamanhos e formas, sendo o mais famoso o fulereno C60, composto de 60 tomos de carbono e com o formato de uma bola de futebol – alguns preferem cham-lo pelo nome em ingls, que buckball.

Os fulerenos C120 so menos comuns. Eles so mais longos e tm o formato de um tubo coberto em cada extremidade com as duas metades de um fulereno C60.

O fulertubo C130 (seu nome cientfico completo C130-D5h) mais alongado do que o C120 e ainda mais difcil de fabricar.

Os pesquisadores agora querem saber se, a exemplo de diversos outros fulerenos, o C130 tambm ter aplicaes prticas.

” difcil dizer nesta fase, mas uma possibilidade pode ser a produo de hidrognio. Atualmente, o que se usa um catalisador feito de platina e rubdio, ambos raros e caros. Substitu-los por estruturas de carbono como o C130 tornaria possvel a produo de hidrognio de uma forma mais verde,” disse o professor Michel Ct.

Bibliografia:

Artigo: Colossal C130 Fullertubes: Soluble [5,5] C130-D5h(1) Pristine Molecules with 70 Nanotube Carbons and Two 30-Atom Hemifullerene End-caps
Autores: Emmanuel Bourret, Xiaoyang Liu, Cora A. Noble, Kevin Cover, Tanisha P. Davidson, Rong Huang, Ryan M. Koenig, K. Shawn Reeves, Ivan V. Vlassiouk, Michel Ct, Jefferey S. Baxter, Andrew R. Lupini, David B. Geohegan, Harry C. Dorn, Steven Stevenson
Revista: Journal of the American Chemical Society
Vol.: 145, 48, 25942-25947
DOI: 10.1021/jacs.3c09082

Seguir Site Inovação Tecnológica no Google Notícias

Outras notcias sobre:

Mais tópicos

[Fonte Original]

- Advertisement -spot_imgspot_img

Destaques

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

- Advertisement -spot_img